Como Vender Remédios Naturais na Internet

Os suplementos naturais estão cada vez mais na moda, pois com a má alimentação que praticamos nesta vida atarefada e estressante, onde o tempo e o horário para comer está completamente desregulado, os suplementos, principalmente os suplementos naturais, são um modo viável e económico de conseguir alguns dos ingredientes essenciais para uma boa saúde.

Basta fazer uma pesquisa na internet para nos apercebemos como existem inúmeros artigos que falam sobre os remédios naturais para diversos tratamentos, principalmente os tratamentos mais prolongados, onde os remédios químicos apresentam mais efeitos secundários.

Os remédios naturais não são novos, são mais antigos que os remédios convencionais, pois foi através de remédios feitos de extratos herbários que os homens começaram a tratar algumas das suas doenças, à milhares de anos atras, mas houve uma altura em que o efeito dos remédios convencionais, que eram mais rápidos, retiraram muita importância a estes tratamentos.

Remedios Naturais

No entanto os homens hoje em dia estão mais conscientes da sua saúde, dos tratamentos possíveis e dos seus potenciais efeitos secundários, e os remédios naturais voltaram a estar outra vez na moda.

A isto não está alheio o desenvolvimento da internet e a possibilidade de ser possível encomendar e obter remédios que qualquer parte do mundo que antes estavam fora do nosso alcance.

No entanto se você quer ganhar dinheiro a vender ou promover suplementos fique a saber que não é assim tão fácil como pode parecer. A oferta é muito grande e a concorrência é feroz, como pode ver numa qualquer pesquisa feita no Google, em que logo no topo encontra diversos anúncios pagos de suplementos para todos os fins, sendo os remédios naturais para perder peso e para problemas sexuais os mais anunciados e também os mais procurados.

A melhor maneira de começar o seu negócio é procurar uma plataforma de afiliados que venda este tipo de suplementos e começar a promove-los.

Vai beneficiar de não ter que gastar dinheiro a fazer stock de produtos para depois enviar aos seus clientes, beneficia igualmente das suas páginas de venda que foram criadas para converter bem e beneficia de não ter que se preocupar com pagamentos e recebimentos.

Basta escolher os produtos que deseja promover, criar artigos de qualidade em um blog que fale sobre o problema que esses suplementos podem ajudar a resolver e depois indicar aos seus leitores os suplementos que os podem ajudar. No fim recebe uma comissão por cada produto que seja vendido pela sua recomendação, com um mínimo de trabalho.

Mas o problema não está em vender estes produtos como afiliado, mas sim em conseguir leitores, diga-se trafego, suficiente para que o seu blog seja viável e possa obter-lhe rendimentos.

Esta é a parte mais difícil pois se tenciona utilizar anúncios pagos é muito provável que em vez de ganhar dinheiro venha a perder, porque o preço a pagar é elevado e como você não é o fabricante e apenas recebe uma comissão, ela pode não ser suficiente para pagar os anúncios se não converter muito bem.

A maneira mais demorada mas mais eficiente, e tendencialmente gratuita, é apostar no longo prazo e criar um blog com artigos de qualidade sobre um determinado nicho, como “como perder peso” ou “como aumentar o pênis” e começar a criar artigos informativos de qualidade que não apenas fidelizem os seus leitores a voltar para saber mais mas, principalmente, que leve os motores de busca a apresentarem algumas das suas paginas quando alguém pesquisar por esse assunto.

Rankear no Google

A melhor forma de conseguir obter resultados, na realidade a única, é conseguir aparecer nas pesquisas do Google, que é líder incontestável de mercado, para algumas keywords que tenham potencial de venda.

Para isso precisa de ter um blog de qualidade, bonito e apelativo aos leitores e, principalmente, de escrever sempre artigos de boa qualidade e conseguir obter alguns links de outros sites que falem de suplementos ou dos problemas que eles tencionam resolver, ou seja, de conteúdo idêntico ou relevante ao seu.

Sem estas duas coisas não há nada que faça que lhe permita atingir as primeiras páginas do Google, pois se você fica depois da terceira página é como se não existisse, pois poucas pessoas chegam a esse nível (a maioria não passa da primeira pagina do Google) e as que ai chegarem dificilmente andarão à procura de comprar alguma coisa. Quem tem intenção de comprar fica-se logo pela primeira ou segunda página do Google, quem pesquisa mais fundo é porque anda à procura de alguma informação mais específica e difícil de encontrar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *